top of page

A construção da Justiça Social na América Latina.

Organizadoras(res):

Antonio David Cattani;

Laura Mota Días;

Néstor Cohen.


Resumo: As condições sociais na América Latina estão mudando significativamente. A redemocratização, a eleição de governos progressistas e as novas dinâmicas econômicas permitiram reduzir a pobreza extrema, ampliar a democracia participativa e redefinir o foco das políticas públicas. Mas, ao mesmo tempo, novos problemas se acrescentam ao complexo quadro social, como é o caso, entre outros, do peso do envelhecimento da população, das formas de acesso à Justiça ou da eficiência e eficácia das políticas públicas depois do desmantelamento do aparelho de Estado pelas minorias neoliberais. O pensamento social crítico latino-americano apresenta indispensáveis contribuições para a correta identificação dos problemas e para a busca de soluções. O título desta obra faz menção ao trabalho de análise e de reflexão crítica de milhares de pesquisadores latino-americanos que lutaram e continuam lutando incansavelmente pela construção de um continente mais justo. Nos congressos da Associação Latino Americana de Sociologia (ALAS), o GT Desigualdade, vulnerabilidade e exclusão social é um espaço de discussão privilegiado para todos aqueles preocupados com a justiça e emancipação sociais.



0 visualização0 comentário

コメント


bottom of page