top of page

A Divisão Sexual do Trabalho no Sistema Prisional: Opressão e Exploração no Cárcere.

Autoras(res):

Paula Cristina de Moura Fernandes;

Marília Duarte de Souza;

Janaynna de Moura Ferraz.


Apresentação: Este é um capítulo dos Anais do III Congresso de Diversidade Sexual e de Gênero, volume 2, “Sujeitas sujeitadas: violências e insurgências das subjetividades femininas e LGBT+”, um retrato deste momento turbulento. Um recado de que somos uma irmandade e não deixaremos outros possuírem os nossos corpos, as nossas histórias e as nossas vidas. Somos xs próprixs donxs do nosso movimento. Os atuais ataques às universidades federais, à pesquisa, à autonomia da mulher, à pluralidade étnica, à comunidade LGBTQI+ reforçam para nós organizadorxs o acerto na decisão em realizar este Congresso e reiteram a necessidade de publicar nossos estudos. Um livro para todxs que participaram, que nos ouviram, que se pronunciaram, que aprenderam naquele espaço e que ensinaram; por todxs aquelxs que escreveram esses artigos e todxs que dedicarão uma parte de seu tempo para nos ler. Do mesmo modo que encerramos o Congresso, continuamos a entoar, entre lágrimas, entre gritos, com mais vontade: ninguém solta a mão de ninguém. - As organizadoras.


REFERÊNCIA: FERNANDES, P.C.M ; SOUZA, M. D. ; FERRAZ, J.M . A DIVISÃO SEXUAL DO TRABALHO NO SISTEMA PRISIONAL: Opressão e Exploração no Cárcere. In: Aysla Sabine Rocha Teixeira; Flávio Malta Fleury; Pedro Augusto Gravatá Nicoli. (Org.). Vivências e horizontes teóricos no repensar de um direito do trabalho crítico. 1ed.Belo Horizonte: Initia Via, 2019, v. 1, p. 80-200.



5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Prostituição: Para além do "ser ou não ser profissão".

Autoras(res): Marília Duarte de Souza; Deise Luiza da Silva Ferraz; Jade Mariá Pais Vaz de Melo. Resumo: Objetivamos analisar a prostituição enquanto atividade subsumida a um processo de produção e va

コメント


bottom of page