top of page

O Limiar da produção do conhecimento da Administração Pública acerca do Estado.

Autoras(res):

Rossi Henrique Soares Chaves;

Janaynna de Moura Ferraz;

Bárbara Katherine Faris Biondini.


Resumo: O intento deste trabalho consiste em perscrutar o conhecimento produzido na Administração Pública, no período entre 1970 até 2017, partindo do pressuposto que o Estado moderno corresponde a uma mediação determinante na sociabilidade capitalista. Procedemos, em um primeiro momento, uma análise do conteúdo no campo para mapear suas características principais quanto ao fazer científico e à abordagem teórica acerca do Estado. No segundo momento, aprofundamos a reflexão submetendo tais achados à crítica da economia política, para delinear suas mediações e determinantes. A investigação preliminar aponta que o Estado é tratado com uma condição de naturalização, de maneira que as produções científicas tendem, em sua maioria, a centrar suas análises nas abordagens gerenciais (técnicas/avaliações), cujos trabalhos de viés mais crítico se destinam tão somente a apresentar possibilidades de reforma e/ou melhoria da gestão. A conclusão ratifica a necessidade de avançar quanto à forma de produzir conhecimento na Administração Pública, cuja materialidade e a historicidade devem assumir um papel central enquanto categorias com capacidade de apreensão do real, buscando contribuir, desse modo, com mudanças qualitativas no estado das condições concretas de vida da sociedade.


Palavras-chave: Estado; Administração pública; Produção de conhecimento; Ideologia.



31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page