top of page

O silêncio vale ouro? Uma análise dos artigos teóricos sobre silêncio organizacional.

Autoras(res):

Marcos Júnior de Moura-Paula;

Deise Luiza da Silva Ferraz;

Patrícia Aparecida de Abreu Moreira.


Resumo: Nosso objetivo foi analisar os mecanismos utilizados para a construção de um conhecimento que aumenta a participação no ambiente de trabalho por meio da quebra de determinados silêncios que criam obstáculos ao atendimento dos interesses do capital. Para tanto, analisamos artigos teóricos sobre silêncio organizacional a partir de aportes teóricos marxianos sobre a ideologia, considerando qual a função social de determinadas ideias na resolução de conflitos sociais. Nesta análise reside o ineditismo deste artigo. Observamos que ao se expressarem e romperem determinados silêncios, os trabalhadores permitem que os controles sobre o processo de trabalho sejam aprimorados e que novas formas de aumentar a produtividade sejam alcançadas. Embora na aparência eles possam participar mais, na essência sua participação ainda continua restrita aos interesses do capital. Dessa forma, o conhecimento que tem sido produzido sobre silêncio serve à ideologia do capital, pois visa manter a subsunção real da força subjetiva do trabalho.


Palavras-chave: Ideologia; Participação; Silêncio; Organizacional.



5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Prostituição: Para além do "ser ou não ser profissão".

Autoras(res): Marília Duarte de Souza; Deise Luiza da Silva Ferraz; Jade Mariá Pais Vaz de Melo. Resumo: Objetivamos analisar a prostituição enquanto atividade subsumida a um processo de produção e va

Yorumlar


bottom of page