top of page

As mulheres conforme a administração: Uma ciência para a manutenção da opressão e da exploração?

Autoras(res):

Marília Duarte Souza;

Deise Luiza da Silva Ferraz;

Janaynna de Moura Ferraz.


Resumo: Objetivou-se analisar as potencialidades do conhecimento produzido nas ciências administrativas para alterações qualitativas nas relações entre homens e mulheres, relações sociais que atualmente são de opressão. Para tanto, realizamos uma exposição teórica acerca da cientificidade moderna como também expomos os principais aspectos que permeiam a questão da opressão à mulher. A partir de um levantamento bibliométrico sobre a temática “mulher” no campo da Administração, encontramos um corpus analítico distribuído por subárea e abordagem, o que possibilitou a discussão das categorias analíticas “maternidade e cuidado do lar” e “feminilidade versus masculinidade”. Concluímos que estudos acerca da temática são recentes e escassos, porém representam uma potencialidade para a luta das mulheres, visto que a pauta se legitima enquanto científica. Contudo, também representam limitação, pois a racionalidade científica impõe-se sobre o real e, até mesmo os estudos que se propõem críticos acabam, em parte, contribuindo para naturalização da opressão.


Palavras-chave: Ciência administrativa; ,Mulheres; Opressão; Emancipação.





3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Prostituição: Para além do "ser ou não ser profissão".

Autoras(res): Marília Duarte de Souza; Deise Luiza da Silva Ferraz; Jade Mariá Pais Vaz de Melo. Resumo: Objetivamos analisar a prostituição enquanto atividade subsumida a um processo de produção e va

Comments


bottom of page